terça-feira, 14 de junho de 2016

Expedição Ilha Comprida - SP

A pedidos do nosso amigo Lagartão, marcamos de ir com a galera para Ilha Comprida no feriado de Corpus Christ.


26 de maio - Quinta-feira

Galera reunida e ansiosa

Nosso ponto de encontro foi no Posto Ipiranga Rodocamp, no Distrito Industrial de Campinas, às 7h e às 7h20 partimos em 9 motocicletas e 1 carro.
Seguimos sentido Sorocaba, passamos por Piedade e fizemos uma primeira parada em Tapiraí, onde esticamos as pernas e comemos um lanchinho.

1ª parada - Tapiraí

Descemos a linda Serra Tapiraí-Juquiá e depois fizemos mais uma parada, onde alguns abasteceram. Nessa região a temperatura despencou e também pegamos bastante neblina.

2ª parada - Juquiá

Seguimos para Pariquera-Açu e logo estávamos em Cananéia.
Estranhamos o movimento da balsa, que estava intenso e ficamos sabendo que haveria uma rave durante o feriado na praia Boqueirão Sul de Ilha Comprida.

Pariquera-Açu
Cananéia

Balsa

Fizemos a travessia e nosso destino já era ali coladinho, no Iate Clube Rio Verde, onde ficaríamos hospedados durante o feriado.

Samambas

Orquídeas

Nos instalamos, trocamos de roupa, fomos dar uma apreciada na natureza da pousada e seguimos para a praia para almoçar. O dia estava bem bonito, mas ventava forte e estava frio.

Nosso destino

Motocas descansando


Pier

Escolhemos o Quiosque Jura´s para almoçar. Comemos uns belos PFs de peixe frito que estava uma delícia e por ali ficamos até o final da tarde.

Bora para a praia

Boqueirão Sul

Invadindo o Quioque Jura's

Fome

Após o almoço, fomos dar uma caminhada na praia e uma olhada na rave, que começa a receber seus convidados.

Rave ReSPecT

Rave ReSPecT

Contemplando o visual

Retornamos para a pousada e fomos até um quiosque na balsa para os meninos comerem ostras. Eu me deliciei com o churros do carrinho do Gordinho, tradicional na cidade.

Carona básica

Belas

Sossego

Ostras

Paz

Ficamos ali até anoitecer, jogando conversa fora e dando muita risada.
Jantamos na pousada e fomos dormir.


27 de maio - Sexta- feira

Maridão Beto madrugou e saiu para fazer umas fotos da pousada.
Tomamos um belo café da manhã e nos dirigimos até o pier para aguardar a escuna Lagamar I, que nos levaria até a Ilha do Cardoso, onde passaríamos o dia.

Bom dia!!!!



Amanhecer na Ilha

Fome

Galera no café



O dia estava bem gelado e passeio até a ilha foi lindo e tranquilo, com alguns botos nos acompanhando, o que rendeu muitas fotos.


Aqui é só alegria

Um homem prevenido vale por dois


Mulherada comportada

Botos

Curtindo a brisa

Chegando na Ilha do Cardoso

Tudo é motivo de farra

Bora pra Ilha

Em terra firme


Fizemos um tour guiado, com o monitor Felipe, que nos contou sobre a fauna, a flora e os costumes da ilha e de seus moradores.


Informações

Quarteto fantástico


Aratu vermelho

Barba de Bode no mangue

Uma imagem fala mais que mil palavras


Palmito Juçara: extinção

Baleia Jubarte

Mirante

Minha companheirona

Depois da trilha, almoçamos no restaurante, uma comidinha caseira que estava muito gostosa.
Ficamos na ilha até as 16h e retornamos para Cananéia.

Restaurante

Só gente querida!

Samambaiada

Comemos um churros na Av. Beira Mar e fomos conhecer a casa da família do nosso amigo.
De lá, fomos comer ostras no Ponto das Ostras, um dos melhores restaurantes da cidade. Você pode conferir os detalhes no Blog Dicas da Mi.

Chegando em Cananéia



Fizemos fila no churros


Varanda dos Lanzonis


Esquenta


Ponto das Ostras

Ostras gratinadas

Atravessamos a balsa e mais uma vez no quiosque, os meninos comeram ostras. A mulherada pediu pastel.



Pasteis

Retornamos para a pousada, jantamos e atravessamos novamente para Cananéia para prestigiar a Festa do Fandango, com música típica, dança e muitas barraquinhas de comida e bebida. O frio estava forte e retornamos para a pousada.

Muito frio na balsa



Festa do Fandango de Cananéia


Festa do Fandango de Cananéia


Festa do Fandango de Cananéia

Cananéia

28 de maio - Sábado

Acordamos cedo, tomamos café e nossos planos era ir até Iguape pelas areias de Ilha Comprida. O dia amanheceu bem fechado e com chuvisqueiro, o que desanimou boa parte do pessoal. Então, partimos em apenas duas motos, fortes e corajosos.

As garupas vão a pé

Nossos pilotos

Frio e calor, rs
Foi uma verdadeira aventura, pois o caminho de areia estava muito fofa até chegar na praia e ainda foi necessário atravessar um rio, com água pela altura do joelho. Nós garupas seguimos a pé pelo barranco, enquanto nossos bravos pilotos faziam a travessia, que não foi registrada porque não eu queria tirar a luva por causa da chuva.

Todos juntos, bora seguir viagem

Lindo demais

Nós

A rainha do selfie

Todo percurso pela praia foi lindo, com vários pássaros, muitas ondas, chuvisqueiro e frio. Chegando no asfalto de Ilha Comprida, seguimos para Iguape, onde paramos para almoçar no restaurante Panela Velha, que em breve estará no Blog Dicas da Mi.

Iguape


Restaurante Panela Velha

Hora do almoço

Almoçamos um delicioso robalo com palmito assado e felizes, retornamos para Cananéia por Pariquera-Açu.


Retornando pela estrada

Chegando em Cananéia, encontramos com o restante da galera em um restaurante e de lá fomos para a Cafeteria Villa de Cananéia, para tomar um café da tarde e comer uns doces. Um lugar muito agradável que em breve também estará no Blog Dicas da Mi.

Delícia de cafeteria

Capuccino de chocolate

Retornamos para a pousada, tomamos banho, nos encontramos no jantar e fomos arrumar as malas, pois na manhã seguinte, pegaríamos estrada logo após o café da manhã.

Inaugurando a tainha do jantar

Paella para o jantar



29 de maio - Domingo

Despedindo de Ilha Comprida

Balsa para Cananéia

Centrinho de Cananéia

Tomamos um café reforçado e seguimos viagem. Nosso retorno, por sugestão do amigo Febbo, foi pela Serra da Macaca, no município de São Miguel Arcanjo, o que foi muito prazeroso, pois além da linda serra ser novidade para a maioria, ainda fugimos do trânsito. A estrada, foi entregue em novembro de 2015, ou seja, é fresquíssima. Sua pavimentação é ecológica, feita com bloquetes intertravados que permitem maior escoamento de água, não conservam calor e são de fácil manutenção. Também notamos a presença de passarelas de cordas entre as árvores, para que os animais da mata possam atravessar pelo alto e evitar atropelamentos na pista.

Serra da Macaca


Serra da Macaca

Samambas na Serra da Macaca

Serra da Macaca

Também por sugestão do Febbo, paramos para almoçar no Restaurante São Cristovão, na cidade de Itapetininga, e por lá comemos a famosa chuleta acebolada. Os detalhes da comilança, em breve estarão no Blog Dicas da Mi

Chuleta


Almoço

Após o almoço, entramos em contato com o pessoal de Campinas e a notícia era que lá chovia muito. Nos preparamos com as roupas de chuva e seguimos para casa.
Pegamos chuva de Itu até Campinas, e quase chegando em casa, fomos presenteados com um belo arco-íris no horizonte.
Todos chegaram muito bem em casa, já planejando uma próxima viagem.


Lindo arco-íris, chegando em casa



Estivemos em Ilha Comprida, de 26 a 29 de maio de 2016


Estivemos em Cananéia, de 26 a 29 de maio de 2016

Curiosidades sobre Ilha Comprida - SP
  • Distância de Campinas: 296 km
  • Distância de São Paulo: 212 km
  • Possui 74 quilômetros de praias
  • É um dos 15 municípios paulistas considerado Estância Balneária
  • A cidade possui 100% de seu território incluído em Área de Proteção Ambiental
  • Aniversário da cidade: 5 de março

Curiosidades sobre Cananéia - SP
  • Distância de Campinas: 335 km
  • Distância de São Paulo: 261 km
  • Considerada a cidade mais antiga do Brasil
  • É conhecida como "A Cidade Ilustre do Brasil"
  • Realiza tradicional festa de Nossa Senhora dos Navegantes, em 15 de agosto 
  • É um dos 15 municípios paulistas considerado Estância Balneária
  • Seu centro histórico é tombado por resolução desde 1969
  • Aniversário da cidade: 12 de agosto

4 comentários:

  1. Parabéns pela matéria Miriam, como sempre rica de informações e imagens. Um passeio com muitas e fortes emoções. Que venham os próximos.Beijos.

    ResponderExcluir
  2. É cada passeio que dá vontade de fazer...

    ResponderExcluir