quarta-feira, 8 de abril de 2020

Argentina Parte 11: Rosário



27 de dezembro - Quinta-feira

Às 5h nos despedimos da linda e cativante cidade de Mendoza. Saímos pelas ruas escuras e desertas, mas o termômetro já marcava 25°.
Nosso destino era Rosário, a 878 km de distância e o dia prometia ser puxado.

25° às 5h

O sol começou a dar as caras por volta das 6h20 e foi um espetáculo acompanhá-lo.

Belíssimo nascer do sol

Passamos pelo portal de Mendoza com o belo nascer do dia.

O portal dourado com os primeiros raios de sol

Seguimos pela estrada reta e infinita por longos quilômetros.


Reta infinita

Às 7h30, fizemos uma parada em San Luis, para abastecer e tomamos um café para despertar.

Café para acordar

Seguimos viagem e ainda faltavam muitos quilômetros.

389 km pela frente

O Maps indicava que passaríamos por um rio, mas que tristeza, ele estava completamente seco.

Rio seco

Olha o trem

Quase lá, 143 km

Cada vez mais tenho a certeza de que os argentinos sabem mesmo aproveitar a vida. Nas estradas, é muito comum ver áreas de descanso para caminhoneiros, estruturadas com churrasqueiras. Deu até vontade de parar em uma para conhecer.

Área de descanso dos caminhoneiros

Com muito calor, passamos pela cidade de Chabás, a 88 km de Rosário.

Chabás

O calor estava castigando e já estava tornando a viagem insuportável. Ao avistar um outdoor da Triumph Rosário, tivemos um certo alívio, pois estávamos quase lá.

Triumph Rosário


Chegando na cidade, já nos deparamos com um pacífico e silencioso protesto de tratoristas.



A cidade de Rosário possui o trânsito bem pesado e também é muito bonita.

Pelas ruas de Rosário

Concessionárias

Às 15h, chegamos ao nosso hotel, o Roberta Rosa de Fontana, muito bem localizado no centro da cidade e pertinho do famoso Calçadão Córdoba.

Hotel Roberta Rosa de Fontana

Estávamos ensopados, pois o calor era intenso, batendo os 43°.
Nosso quarto era super confortável,com uma ótima e espaçosa cama e cozinha equipada.

Cozinha

Tomamos aquele banho e aproveitamos para lavar as roupas segunda pele, pois estavam ensopadas. Afinal, viajar de moto não é só glamour o tempo todo. É muito comum lavar as roupas no chuveiro.

Lavando as roupas na banheira

Após um bom banho, ficamos esperando o sol baixar um pouco. O relógio já marcava 20h e nada da temperatura baixar.
Saímos a pé a procura um lugar para jantar e sentimos grande falta das árvores de Mendoza. Por ali, elas não estavam presentes e parecia que estávamos dentro de um forno.

Fundacion Estudios Litoral

Passamos pelo Calçadão Córdoba, exclusivo para pedestres e repleto de comércio variado.
Escolhemos conhecer o El Cairo Bar, localizado na esquina das avenidas Sarmiento e Santa Fé. O bar é de 1943 e a tradição sempre nos atrai.
Experimentamos a cerveja Mendocina - Andes Origen, deliciosa e servida bem gelada, aqui, acompanhada de croutons.

Mendocina - Andes Origen

Para jantar, entre outros beliscos, pedimos um Pollo Grille com papas fritas.

Deliciosa e farta comida

Dá-lhe pão

Claro que não poderíamos perder a oportunidade de beber uma Patagonia.

IPA Patagonia


28 de dezembro - Sexta-feira

O café foi servido no quarto, e por aqui, veio com frios. Muito bom!

O café da manhã começou a ter a nossa cara

O dia estava lindo (e quente logo cedo) e então saímos passear e conhecer um pouco dessa cidade linda.

Piaggio MP, ao lado da nossa no estacionamento

Teatro Municipal la Comedia

Nosso primeiro destino, foi conhecer a concessionária Triumph Rosário, que na verdade fica localizada na pequena cidade de Funes, a 30 min de onde estávamos.
O local é muito charmoso e frequentado por pessoas de alto poder aquisitivo.

Lojas

Parques

Fuerza Aérea
 
Jardins de agapanthus

Templo Maria Auxiliadora

 Logo chegamos na bela Triumph.

Triumph Rosário

Fomos muito bem recebidos, nos apresentaram a loja, as motos e nos serviram um café.








Depois retornamos para Rosário e fizemos uma parada no Acuario del Rio Paraná, na Av. Carrasco e Cordiviola, às margens do Rio Paraná.

Acuário del Rio Paraná

Rio Paraná

Pintura

Apreciando a vista

Solário do Acuário

Continuamos o passeio e fizemos uma parada na Patagonia Brewing Co, um lugar belíssimo e muito descolado.
Cardápio incrível, 5 tipos de cerveja e ótimo atendimento.

Uma parada na La Rambla

Estilosa
Patagonia Brewing Co

IPA

Às margens do Rio Paraná

Pizza de tomate seco

Ficamos ali por horas, pois tudo era muito agradável. mas como tínhamos de turistar, partimos.
Passamos pelo Balneário La Florida é um balneário de propriedade municipal e localizado às margens do Rio Paraná. Foi construído por volta de 1940, estende-se por quase 4 km, no bairro de mesmo nome, La Florida.



O lugar é a verdadeira praia dos argentinos, repleto de quiosques, guarda-sol, espreguiçadeiras, estacionamento, chuveiros, torres de salva-vidas, serviço de emergência e segurança. Está equipado até mesmo com um moderno drone de salvamento, para otimizar a vigilância e segurança no spa.





Avistamos a famosa ponte e decidimos passar por ela. 

Avenida repleta de bares

A ponte Nossa Señora del Rosário

Só nós

A ponte é belíssima e a vista, maravilhosa. Possui 4,1 km de extensão.


Rio Paraná



Ao final da ponte, um pedágio. Como não sabíamos onde seria o retorno, ao perguntar para a funcionária, ela levantou a cancela e disse para voltarmos pela pista contrária no mesmo guichê dela, que nossa passagem seria liberada. Esses hermanos são muito gente boa mesmo!

Pedágio

Fizemos um retorno entre os cones e seguimos sentido Rosário.

Retornando para Rosário

Seguimos pela avenida que margeia o rio e fomos passeando sem destino.

Uma linda escultura

Escultura "O Barquinho de Papel"

Passamos pelo Centro Cultura La Casa del Tango, que promove a cultura do tango na cidade.

Centro Cultura La Casa del Tango

Antares Rosário

Seguimos então para outro lado da cidade para conhecer o Mercado Del Patio e bem em frente, está localizado o bonito prédio do Terminal Rodoviário Mariano Moreno. Em outros tempos, foi uma estação de trem.

Terminal Rodoviário

Seguimos então para outro lado da cidade para conhecer o Mercado Del Patio, que é um espaço comercial de varejo que valoriza  produtos locais e regionais com base em atributos de qualidade, diferenciação, voltado para consumidores da cidade e da região metropolitana, que procuram produtos alimentícios frescos, naturais, diversos, diferentes e de qualidade a um bom preço. É também um espaço de referência para turistas e visitantes que vêm à cidade ansiosos para aprender sobre sua cultura a partir de sua produção e gastronomia local.

Fachada do mercado

Interior

Entramos em diversas lojas e tudo era fantástico. Um nos chamou a atenção, o Almacén Coorperativo. O proprietário nos atendeu com muita atenção e fizemos umas comprinhas.

Maridão ficou de olho nesse frango

E levou o doce de leite

Entre as opções, escolhemos o Santa Fé Bar, pois o local era realmente muito atraente. Tomamos chope e pedimos um lanche típico da cidade. 

Vai um queijinho?

Interior do bar

IPA e lanchinho

Vida boa

Após o lanche, seguimos o passeio fazendo mais um tour geral pela cidade.

Estacion Rosário Norte

Maria Fumaça

Centro Municipal Distrito Centro Antonio Berni

Bar el Charladero

Mesas ao ar livre

Linda avenida




Prédios antigos

Asociacion Española De Rosario

Galeria Cassini Centro

Comprinhas

Após um dia intenso de passeio, a noite ficamos no quarto e tomamos vinho.
Arrumamos nossas coisas, pois na manhã seguinte, encararíamos a estrada.

Vinhozinho para dormir bem


Curiosidades sobre Rosário - AR:
  • Distância de Campinas: 2.130 km
  • Distância de São Paulo: 2.145 km
  • É a terceira maior cidade da Argentina
  • É a maior cidade da Província de Santa Fé
  • Por ser uma cidade universitária, ela tem um clima jovem, com uma vida noturna agitada, muitos monumentos, parques, praças e até praia de água doce
  • O Calçadão Córdoba é considerado o coração financeiro e comercial da cidade. O trajeto para pedestres se estende por sete quarteirões, entre as ruas Laprida e Paraguay. Reúne muitos pedestres, bancos, prédios de escritórios e comércios que abrangem os ramos mais diversos, de livrarias e eletrodomésticos até moda e calçados. As grifes mais conhecidas podem ser encontradas em importantes lojas e numerosas galerias comerciais
  • A Fundacion Estudios Litoral é uma organização fundada em 1992, com o objetivo de promover a investigação de problemas educacionais, culturais, econômicos e sociais, tendo contribuído para a prosperidade da região, garantindo a igualdade de oportunidades
  • O Teatro Municipal la Comedia faz parte do patrimônio histórico da cidade e da identidade de Rosário. No artístico, a comédia é uma fortaleza indiscutível do cenário nacional. Os atores, diretores e empresas mais importantes da Argentina e do mundo passaram por lá. Possui o sistema Magnetic Hoop para deficientes auditivos que proporciona maior integração a todas as pessoas com deficiência auditiva. Doado pela Sociedade Mútua Argentina de Deficientes Auditivos, o Anel Magnético permite maior fidelidade e qualidade de som para quem usa fones de ouvido
  • O Acuario del Río Paraná é uma iniciativa pública do Governo da Província de Santa Fe para a conservação ambiental e o uso sustentável de um dos recursos de água doce mais importantes e com biodiversidade do planeta: o rio Paraná. Constitui um centro multifuncional, único na Argentina e na América Latina, onde educação, ciência, meio ambiente e biodiversidade se entrelaçam com a comunidade de maneira inovadora, valorizando seus 800 quilômetros de costa ribeirinha. Possui visitas guiadas, que incluem o Parque autoctono, a área de Biotecnologia Laboratories Aquática e Aquacultura, a sala de aquários com 10 tanques que representam os diferentes ambientes do Rio Paraná e espaço com dispositivos divertidos e interativos para recreação e expansão conteúdo desenvolvido na visita. 
  • O Balneário La Florida é propriedade municipal e está localizado às margens do Rio Paraná. Foi construído por volta de 1940, estende-se por quase 4 km, no bairro de mesmo nome, La Florida. No local, ocorrem diversas atividades, eventos, shows, gastronomia e bebidas nas margens do rio. La Florida, a tradicional praia na costa norte de Rosário, tem tudo para o morador ou turista se divertir e aproveitar o sol e a areia 
  • A Ponte Rosário-Victoria é o nome informal da conexão física entre as cidades argentinas de Rosário e Victoria, chamada Puente Nustra Señora del Rosário. Esta ligação rodoviária é composta por várias pontes, viadutos e seções de terra. Atravessa o curso principal do rio Paraná e desce no caminho das várias ilhas do Delta do Paraná.  Foi construída em 1997, inaugurada em 2003 e sua extensão é de 4,098 km
  • O Barquinho de Papel é uma obra criativa e de linhas simples que simboliza o relacionamento entre o rio e a cidade. A escultura é dos arquitetos rosarinos Gustavo Augsburger e Daniel Kosik, que escolheram um ícone quase universal, tão simples e forte que ultrapassa fronteiras, idiomas e culturas. Tem um comprimento de 10 metros e uma altura de 4,5 metros. Para se assemelhar à simplicidade do papel, foi construído com chapa branca ondeada
  • Pessoas notáveis ​​de Rosário incluem o revolucionário Che Guevara, os jogadores de futebol Lionel Messi, Ángel Di María, Maximiliano Rodríguez e Mauro Icardi, treinadores de futebol César Luis Menotti, Marcelo Bielsa e Gerardo Martino, a jogadora de hóquei de campo Luciana Aymar, os jogadores de rugby Juan Imhoff, a atriz Libertad Lamarque, compositor de jazz Gato Barbieri, cartunista Roberto Fontanarrosa, o cantor e compositor Fito Paez, o pintor Antonio Berni e a modelo Valeria Mazza
  • Aniversário da cidade: 7 de outubro